Lei define envase, armazenamento e distribuição de água mineral potável

OS ESTABELECIMENTOS QUE COMERCIALIZAM E DISTRIBUEM ÁGUA MINERAL DEVEM POSSUIR UMA LICENÇA DE FUNCIONAMENTO EMITIDA PELA VIGILÂNCIA SANITÁRIA
OS ESTABELECIMENTOS QUE COMERCIALIZAM E DISTRIBUEM ÁGUA MINERAL DEVEM POSSUIR UMA LICENÇA DE FUNCIONAMENTO EMITIDA PELA VIGILÂNCIA SANITÁRIA
O armazenamento dos galões deve ser em paletes ou prateleiras, longe de produtos saneantes ou qualquer substância tóxica
Janyne Godoy
Com as altas temperaturas, aumenta a procura por água mineral de galão para consumo, porém é preciso que os consumidores tomem alguns cuidados, a fim de evitar comprar produtos clandestinos ou ainda que possam estar contaminados.
Segundo Samuel de Araújo Lima, proprietário de uma distribuidora de água, que atua há 16 anos no mercado, o problema está na falta de fiscalização dos clandestinos. “Aqui a Vigilância passa, o problema é que muita gente que vende água junto com botijão de gás não armazena de acordo e, esses locais, ela não fiscaliza”, fala.
Segundo ele, o transporte de água também deve atender a algumas exigências, como, por exemplo, o veículo deve ser fechado e não pode transportar outro tipo de produto.
“Cabe ao consumidor ver a procedência de onde compra, pois assim ele ajuda a fiscalizar os vendedores”, diz. Segundo ele, no calor as vendas de água praticamente triplicam.
Assim como os consumidores verificam a data de validade de outros produtos alimentícios, com a água não deve ser diferente, alguns cuidados podem evitar inclusive doenças intestinais ou intoxicações.
Segundo a Assessoria de Imprensa da Prefeitura, a Vigilância Sanitária fiscaliza os distribuidores de água duas vezes ao ano.
Entre os itens a que o consumidor deve ter atenção está o transporte desse produto e o veículo não deve transportar água mineral juntamente com outras cargas que comprometam a sua qualidade, tais como botijões de gás ou produtos saneantes.
Os estabelecimentos que trabalham nesse ramo devem possuir uma licença de funcionamento emitida pela Vigilância Sanitária.
Ao adquirir o produto, o consumidor deve verificar se a empresa ou o veículo de transporte possui essa licença, que deve estar afixada em local visível para a comercialização de água. As indústrias produtoras e envasadoras de água mineral obedecem à legislação específica para a atividade, seguindo os parâmetros estabelecidos para a análise fiscal. Vários procedimentos devem ser adotados desde a captação até o envasamento do produto, para que se atendam às normas sanitárias.
Esta é uma reprodução da notícia publicada na edição impressa do Jornal Cidade
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: