Fruki pretende ter a água mais consumida do RS em cinco anos

A Fruki foi a única empresa do Rio Grande do Sul a receber troféu ouro no Programa Gaúcho de Qualidade (PGQP) em 2011. A empresa ainda foi apontada como o nono melhor ambiente de trabalho no Estado. Conforme o diretor-presidente, Nelson Eggers, a empresa levou oito anos para chegar nesse patamar. Para 2012, uma das metas é diminuir gastos com água e energia elétrica. A ideia é não ultrapassar o consumo de 0,058 quilowatts de energia elétrica e 1,48 litro de água por litro de bebida produzido.

A Fruki pretende crescer 14% em faturamento e 8% em volume, o que representa 200 milhões de litros de bebida. O refrigerante produzido em Lajeado representa 13% do mercado gaúcho, a água 18% e o consumo de energético se aproxima de 50%. A projeção de Eggers é de que, em 2016, o refrigerante da Fruki seja o segundo mais consumido no Estado e, em cinco anos, a Água da Pedra seja a primeira do ranking de consumo de água mineral.

Estão nos planos da empresa lajeadense a construção do centro de distribuição em Canoas, num terreno de 40 mil metros quadrados. Serão 15 mil metros quadrados de área construída e um estacionamento que comportará 200 caminhões. A planta para um novo projeto está andamento. Neste final de semana, Eggers viaja para a Europa a fim de conhecer fornecedores de matérias primas e outras plantas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: