Fruki anuncia nova fábrica em setembro

 
Diretoria recebeu mais de 30 propostas para abrigar indústria de chás e energéticos

O diretor-presidente da Fruki, Nelson Eggers, está sem pressa para de­finir onde será instalada a fábrica de chás, sucos e energéti­cos. A empresa analisa a proposta de 30 municípios interessados na nova planta. Ele descarta fazer o anúncio antes de setembro.

Eggers aguarda um levantamen­to elaborado pelo governo estadu­al sobre os índices de incentivos como o Fundopem e Integrar/RS que cada município pode conceder. Estes benefícios são essenciais para a empresa decidir onde será feito o investimento de R$ 30 milhões.

fO empresário não confirma, mas dois municípios são os principais candidatos para receber a nova unidade: Fontoura Xavier, no Alto da Serra do Botucaraí, e Paverama, no Vale do Taquari.

Os dois prefeitos estão confiantes quanto à decisão de Eggers. Ambos ofereceram área de 20 hectares, próxima da BR-386, abastecimen­tos de energia elétrica e de água su­ficientes para atender a demanda. A diferença está na distância com Porto Alegre e o incentivo fiscal.

O prefeito de Fontoura Xavier, José Godoy da Rosa, tenta seduzir o empresário pelos incentivos fiscais. O município tem direito a conceder 80% do Fundopem/Integrar, por es­tar em uma das regiões com baixo índice de desenvolvimento estadual.

Acrescenta que investiu R$ 1 mi­lhão para construir um distrito in­dustrial e garante que tem empre­sas interessadas em se instalar no município caso o investimento da Fruki se concretize. A negociação com a empresa começou em feve­reiro e tem o apoio dos prefeitos de Arvorezinha, Pouso Novo, São José do Herval e de Espumoso.

Elemar Rui Dickel, prefeito de Pa­verama, tenta sensibilizar Eggers de outra maneira, pois o incentivo por meio do Fundopem é baixo em relação ao da concorrente: 44%. Acredita que a proximidade com a capital – cerca de cem quilômetros de distância – pode facilitar o esco­amento da produção para o restan­te do estado. Para ele, a duplicação pode servir como incentivo.

Outro fator apontado por Di­ckel para atrair o investimento é a origem de Eggers. O empresário nasceu em Paverama, e o prefeito espera que isso sensibilize a inves­tir no município – um dos menos desenvolvidos do Vale do Taquari.

 

Nova fábrica

Em 2012, a empresa criará uma nova linha de produtos que será lançada no ano seguinte. Entre eles, sucos de frutas, chás, energéticos e bebidas à base de soja. O empreen­dimento será composto de ilhas de produção que no primeiro momento empregarão cerca de 50 pessoas.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: