Operação da Polícia desarticula venda ilegal de água mineral no Recife

Água era vendida com selo falsificado da Secretaria da Fazenda
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
A Polícia Civil de Pernambuco começou nesta segunda-feira (10) uma operação para desarticular a venda irregular de água mineral no Recife. Foram expedidos quatro mandados de busca e apreensão para locais de venda.
O alvo da polícia são os selos falsificados da Secretaria da Fazenda. Com isso, os criminosos vendem a água sem nenhum imposto nem controle de vendas.
Para conseguir o selo legalmente, o produtor precisa passar por uma perícia da Agência Pernambucana de Vigilância Sanitária (Apevisa). Com isso, a Fazenda tem controle do que é vendido para poder cobrar os impostos.
Isso significa que a água vendida ilegalmente também representa algum tipo de perigo à saúde, já que sua qualidade não é atestada por nenhum órgão de controle sanitário.
Quatro pontos de venda foram alvo da operação. Os locais ficam nos bairros de Dois Irmãos e Várzea, na Zona Oeste; Comunidade do Bode, no Pina, na Zona Sul; e em Afogados, na Zona Sul. Esse último funcionava em uma residência.
Mais de mil selos foram apreendidos. Muitos garrafões foram encontrados, mas a maioria ainda seria engarrafada. Segundo o delegado Franscisco Rodrigues, da Delegacia de Crimes contra Patrimônio, estão programadas outras ações para desaticular mais pontos de vendas ilegais. Ninguém foi preso até o momento.
Participaram 20 agentes policiais, 10 agentes da Apevisa e dois auditores fiscais
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: