Consumo de água mineral cresceu 50% no Estado

Contratações cresceram 10% desde a semana passada

A venda de água mineral cresceu 50% nos últimos dias, de acordo com a Associação do Distribuidores de Água Mineral do Estado. Conforme o vice-presidente da Associação, desde 2005 o setor não registrava vendas tão expressivas. Há cinco anos, a estiagem causou a proliferação de algas no Guaíba alterando o gosto e odor da água. Leandro Greff alertou que o setor tem condições de atender a alta demanda por 10 dias, mas depois disso terá dificuldades, o que pode causar falta do produto.

Greff salientou que o consumidor deve ficar atento aos preços muito baixos, que podem apontar para a clandestinidade do produto ou para valores abusivos. A bombona de 20 litros deve custar entre R$ 5,50 e R$ 11. Uma empresa de médio porte no Estado vende 250 bombonas de água mineral por dia neste período. O consumo do mês de fevereiro deve fechar em torno de 2,5 milhões de litros. Desde o início da semana passada o número de trabalhadores no setor cresceu 10%. No Estado, há 500 empresas contratadas que geram 10 mil empregos diretos e 15 mil indiretos.

A Associação dos Distribuidores de Água Mineral estima que 200 empresas atuem na clandestinidade. Para coibir a prática, a Secretaria Municipal de Indústria e Comércio de Porto Alegre tem realizado ações de fiscalização. Ao menos 50 estabelecimentos já foram fiscalizados. Seis foram notificados e três autuados. A multa varia entre R$ 205 e R$ 1 mil.

OUÇA A ENTREVISTA, CLIQUE AQUI

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: